Violação de dados da Capital One: se você está preocupado com seus dados, veja o que fazer

As informações pessoais de mais de 100 milhões de cidadãos nos EUA e no Canadá foram expostas a uma violação de dados no Capital One Bank. Segundo a empresa bancária e de cartão de crédito, o hacker obteve acesso a informações relacionadas a solicitações de cartão de crédito que datam de 2005.

Como descobrir se seus dados foram roubados

No momento desta publicação, a Capital One ainda não divulgou um site que permite verificar as informações violadas, mas o banco se comprometeu a informar, por carta, todos os indivíduos norte-americanos cujos números do Seguro Social faziam parte do hack, portanto, fique de olho na sua caixa postal.

O banco também contatará os clientes prejudicados para oferecer monitoramento gratuito de crédito e serviço de proteção de identidade. Mas atenção: desconfie de e-mails e telefonemas de golpistas que se apresentam como sendo da Capital One solicitando suas informações pessoais. Para obter mais dicas sobre como reconhecer golpes por email e mensagens de texto, leia nossas postagens.

O que fazer se você estiver preocupado com a segurança dos seus dados online

A Capital One não é a primeira organização financeira a sofrer uma violação de dados, mas é certamente uma das maiores. E, embora o banco não tenha criado um guia em seu site oferecendo conselhos, como a Equifax fez quando sofreu uma violação maciça de dados, há algumas etapas que você pode seguir caso suspeite que suas informações pessoais tenham sido roubadas:

  • Preste atenção aos seus extratos bancários – hoje em dia, todos nós usamos aplicativos on-line para realizar transações e acompanhar nossas finanças. Isso facilita ainda mais a verificação diária de nossa conta e extratos e identifica transações suspeitas, rapidamente.
  • Coloque um alerta de fraude – se você suspeitar que foi vítima de fraude, poderá denunciar a uma agência de referência de crédito. Ao notificar os credores, eles tomarão as medidas necessárias para verificar se realmente novas solicitações de crédito estão sendo feitas em seu nome. Você pode colocar um alerta de fraude inicial que permanece no seu relatório de crédito por 90 dias ou pode escolher uma opção de alerta estendido que permanece por 7 anos.
  • Congele seu crédito – no pior cenário, aquele de uma violação de dados, seu número de segurança social e informações pessoais podem ser usadas para roubo de identidade. Para evitar isso, você pode congelar seu crédito entrando em contato com uma empresa de relatórios de crédito como Equifax, Experian e TransUnion.

Também é importante que você mantenha cópias de todos os documentos, despesas e registros de suas conversas sobre o roubo.