O que é fraude do cartão não presente?

Fraude do cartão não presente é um tipo de golpe que ocorre quando alguém tenta fazer uma transação fraudulenta sem na verdade possuir o cartão de crédito ou débito físico. Isso pode incluir pagamentos feitos on-line, por e-mail, telefone ou fax. Os fraudadores usam informações roubadas para comprar bens ou serviços sem o consentimento do titular do cartão.

Essas transações são mais propensas a fraudes porque:

  • Elas não estão protegidas por chip e PIN
  • O comerciante não pode verificar se o cartão físico é genuíno
  • O comerciante não pode verificar a identidade do titular do cartão

A onipresença das compras on-line contribuiu para o aumento da fraude do cartão não presente. De fato, um relatório da Juniper Research de 2019 sugeriu que os varejistas perderão US $ 130 bilhões em fraudes com cartão não presente entre 2018 e 2023. Além disso, as transações com cartão não presente representam 72% do total de fraudes com cartões de crédito e débito no Reino Unido.

Para cometer a fraude do cartão não presente, um criminoso deve obter o nome do titular do cartão, endereço de cobrança, número da conta, código de segurança de três dígitos e data de validade do cartão. Esses detalhes podem ser roubados eletronicamente, geralmente por meio de phishing on-line ou, através do roubo das informações do cartão de crédito de clientes de uma empresa por funcionários desonestos. Também ocorre com menos frequência por meio de hackers de bancos de dados comerciais.

Devido aos riscos associados à coleta, manipulação e armazenamento de informações confidenciais de cartão, muitos comerciantes on-line agora optam por usar um gateway de pagamento externo para lidar com pagamentos no cartão. Isso visa reduzir as fraudes, exigindo alguma forma de autenticação de dois fatores. Um exemplo que você pode encontrar é o portal “Verified by Visa”, que envia um código de segurança exclusivo ou solicita que você digite uma senha no seu laptop ou telefone para autenticar o pagamento.

Como posso me proteger da fraude do cartão não presente?

As vítimas de fraude com cartão são protegidas desde que a fraude não tenha ocorrido por negligência do titular e que o devido cuidado tenha sido tomado para evitá-la. Como tal, quando ocorre uma fraude no cartão, é o comerciante que sofre a perda. Para se proteger contra a fraude do cartão não presente, lembre-se de:

  • Ser cauteloso ao receber chamadas telefônicas inesperadas, cartas, e-mails ou pessoas batendo à sua porta.
  • Não fornecer informações pessoais ou detalhes de login como seu PIN ou senha. Seu banco nunca irá solicitar o número CVV do seu cartão, portanto, tenha cuidado se alguém o fizer.
  • Destruir todos os cartões de crédito antigos, certificando-se de cortar o chip e a fita magnética.
  • Certificar-se de manter o software do seu computador e telefone celular atualizado.
  • Sempre usar senhas fortes e não a mesma senha para várias contas. Você também deve alterar suas senhas regularmente.
  • Ter cuidado com o que você compartilha nas redes sociais. Se houver informações pessoais como sua data de nascimento em seu perfil, essa pode ser a informação que faltava para alguém se passar por você.
  • Não usar Wi-Fi público para fazer transações.
  • Verificar regularmente seus extratos bancários

Atualmente, muitos bancos enviam um alerta para o seu número de celular registrado se suspeitarem de transações fraudulentas. No entanto, para uma proteção ainda maior, você também pode configurar através do seu banco os pagamentos feitos com cartão. Isso significa que você receberá uma notificação sempre que seu cartão for usado.

A partir de setembro de 2019, novas regras (a segunda Diretiva de Serviços de Pagamento da UE (PSD2)) exigirão um PIN assim que o total de pagamentos sem contato de um cliente exceder um valor acumulado de aproximadamente €150 ou quando cinco transações sem contato forem feitas.

Denuncie a fraude do cartão não presente

Você deve denunciar qualquer fraude no seu cartão de crédito, ligando para o provedor do cartão e explicando o que aconteceu. Normalmente, se denunciar a fraude rapidamente, você será reembolsado por quaisquer cobranças pelas quais não tenha sido responsável. Dependendo da situação, você também pode denunciar a fraude à polícia. Nesse caso, certifique-se de manter um registro de toda a correspondência.

Esperamos que esse post tenha sido útil. Para ler mais sobre como se proteger contra fraudes de pagamento, confira algumas de nossas outras postagens: