Cuidando da sua saúde mental nas redes sociais

A ascensão global das redes sociais nos deixou mais conectados do que nunca. Em questão de segundos, podemos interagir com usuários de todo o mundo.

As plataformas de mídia social têm seus benefícios, ajudam-nos a manter contato com amigos e familiares, nos mantêm atualizados com as últimas notícias e nos conectam com pessoas que pensam como a gente. No entanto, a pressão social que elas colocam sobre os indivíduos, está levando a um aumento dos problemas de saúde mental, particularmente entre os jovens.

De fato, um estudo recente estabeleceu uma conexão entre o desenvolvimento da saúde mental em jovens e suas experiências nas redes sociais. Descobriu-se que as redes sociais podem incentivar o vício, o bullying virtual, a pressão dos colegas, as comparações inúteis e o ciúme.

Esses comportamentos negativos podem ser o resultado de uma dependência da comunicação online. Quando a rede social substitui a interação social presencial, ela pode promover baixa estima e pressionar os jovens à obtenção de aprovação social. Facebook, Twitter, Instagram, Snapchat e TikTok incentivam os usuários a curtir e comentar nas postagens dos outros, uma ação que pode ser usada como sinônimo de popularidade.

Sinais de que a rede social pode estar prejudicando sua saúde mental incluem:

  • Danos aos padrões de sono devido ao uso excessivo
  • Incapacidade de prestar atenção às tarefas diárias devido às redes sociais
  • Necessidades compulsivas de verificar as redes sociais durante todo o dia
  • Pensamentos de ansiedade, tristeza ou depressão ao usar a plataforma
  • Pensamentos de autoagressão ou suicídio ao usar redes sociais

Se você acha que alguma das situações acima pode estar relacionada a você ou se gostaria de saber como proteger sua saúde mental on-line, veja algumas das principais dicas da YoungMind:

Conheça seus limites

Saiba o que você deve evitar e seja firme. Se você sabe que determinado conteúdo lhe causará emoções difíceis de lidar, evite perfis nos quais possa encontrar esse conteúdo.

Conheça suas configurações

Veja as configurações das plataformas das redes sociais que você está usando e verifique se você sabe como alterar as configurações de privacidade ou bloquear e denunciar pessoas, se necessário.

Não se compare com os outros

As postagens no Instagram são destaques selecionados da vida de alguém – elas não mostram a realidade do que alguém está passando. Pense nos amigos que você conhece realmente e que segue nas redes sociais, provavelmente você já sabe que as fotos que eles publicam são apenas um vislumbre de suas vidas.

Desativar notificações de tempos em tempos

Se você está se sentindo sobrecarregado, desative suas notificações. Você pode ligá-las novamente mais tarde, quando estiver se sentindo melhor.

Faça uma atividade – e não poste sobre isso

Às vezes, quando fazemos algo e postamos nas redes sociais, a qualidade do que fizemos é medida por quantas curtidas recebemos. A maneira como nos lembramos ou desfrutamos de uma atividade é muitas vezes determinada pelo que os outros disseram. Então, que tal fazer algo que você realmente goste e simplesmente deixar isso de lado? Além disso, você terá algo sobre o que conversar quando vir seus amigos da próxima vez, algo que eles ainda não sabem.

Fique OFF de vez em quando

Descanse e lembre-se de que existe um mundo fora do Instagram, Snapchat e Facebook.

Fale com alguém

Se você está sofrendo com as redes sociais, fale com alguém sobre isso. Pode ser um amigo, membro da família, professor ou serviço de ajuda, mas lembre-se de que você não está sozinho, converse com alguém sobre o que está passando.

Esperamos que isso seja útil. Fale com a gente se tiver comentários ou perguntas.