Como escolher uma rota mais ecológica com o Google Maps

Hoje, mais do que nunca, as empresas enfrentam uma pressão incrível para assumir responsabilidade e agir no combate à crise climática.

Isso levou várias empresas em todo o mundo a introduzir iniciativas verdes destinadas a reduzir seu impacto no meio ambiente.

Tendo já se comprometido a ajudar um bilhão de pessoas a reduzir sua pegada ambiental até 2022, o Google está tomando medidas adicionais para ajudar os consumidores a pensar com mais cuidado sobre como suas decisões impactam o planeta.

A empresa lançou recentemente uma nova opção de Rota Ecológica para seu aplicativo Maps, projetada para direcionar os motoristas ao longo de rotas calculadas para gerar as menores emissões de carbono.

Veja como o novo recurso pode ajudá-lo a fazer uma jornada mais ecológica:

Como funciona a opção co-amigável do Google Maps?

Usando informações do Laboratório Nacional de Energia Renovável do Departamento de Energia dos EUA, a opção Eco-Friendly do Google selecionará automaticamente a rota com a menor pegada de carbono. Por exemplo, estradas com menos tráfego ou menos sinais de parada.

Se a rota ecológica tiver um tempo de chegada previsto maior do que o original, os usuários poderão comparar as emissões de CO2 estimadas entre as rotas antes de escolher.

Modos alternativos de transporte

O Google também incluiu rotas adicionais de transporte como alternativas para viagens mais ecológicas. Esse recurso dependerá da disponibilidade e da preferência do usuário, ao invés de padronizar rotas que só podem ser feitas de carro. Os usuários também poderão comparar quanto tempo a viagem levará, dependendo do meio de transporte que escolherem.

A maneira preferida de viajar do usuário será priorizada por meio de modelos de aprendizagem avançados. Por exemplo, se você escolher andar de bicicleta várias vezes, o aplicativo exibirá automaticamente mais rotas de ciclismo.

O Google recentemente lançou mais de 100 melhorias impulsionadas por IA em seus dados de mapa e rotas de caminhada, além de adicionar 150.000 km de rotas de bicicleta ao banco de dados ativo do Maps, o que significa mais opções para os usuários.

Alertas de zona de baixa emissão

O Google Maps também está lançando alertas de zona de baixa emissão que informarão o motorista quando ele estiver se aproximando de zonas com metas de baixa emissão. O motorista será informado se seu veículo é permitido naquela área e será oferecido um meio de transporte alternativo ou instruções para outra rota.

Isso está em linha com o número crescente de cidades ao redor do mundo estabelecendo zonas de baixa emissão e contribuirá para um esforço mundial em diminuir a poluição do ar.

O Google está planejando lançar o novo recurso para Android e iOS nos Estados Unidos ainda este ano e também anunciou planos de expandir o recurso para outros países.

Interessado em saber mais sobre dicas de opções ecológicas? Confira nossas outras postagens sobre o assunto: